segunda-feira, outubro 02, 2006

Revisão do BI

Na autobiografia de Gore Vidal, Palimpsest, o coscuvilheiro de serviço das letras americanas revela que Tennesse Williams cultivava o hábito de subtrair quatro anos à sua idade real. Quando confrontado por um jornalista mais atento, Tennesse justificou a discrepância dizendo que não contava ("obviamente") os quatro anos que passara em empregos aborrecidíssimos.
Seguindo uma fórmula actualizada - que exclui igualmente todo o tempo que passei a ver televisão, a jogar computador, a esforçar-me por perceber a importância de John Coltrane, e a tentar reparar as persianas cinzentas de uma janela de cozinha em Alverca - eu completei hoje dezoito anos.
Parabéns, portanto, a mim.

4 comentários:

Silvia disse...

Parabens:-)

pedroludgero disse...

Agora que é maior, espera-se que ganhe juízo temporal.

alexandra disse...

oh! mesmo com as devidas contas és tão novo.

alexandra disse...

hun. quem me manda fazer comentários sem ler bem os posts...