quarta-feira, Novembro 29, 2006

Este blog mete-se com gente crescida

Ando aqui eu a perder tempo a fazer piadas de mau gosto sobre distintos membros do parlamento, e o Francisco Mendes da Silva mete-se comigo por eu ter faltado ao respeito a quatro escanzeladas relíquias britânicas dos anos 70. Gosto de umas quantas coisas naquele blog, mas gosto, acima de tudo, da ordem de prioridades deles.
No que diz respeito aos argumentos: olhe que não.
Porque já depois de os Ramones terem acabado de vez, os Sex Pistols ainda andavam a espremer o limãozinho em digressões - uma delas com o apropriado nome 'Filthy Lucre'. Quanto às credenciais anti-establishment, ainda há pouco mais de dois anos o Johnny Rotten podia ser visto, em horário nobre, numa espécie de versão inglesa da Quinta das Celebridades, a fazer caretas a ouriços no meio da selva. Se isto é ser anti-establishment, então o Johnny Weissmuller foi o maior radical do século XX.
Há mais espírito punk numa aparição televisiva do Boris Johnson do que em vinte concertos dos Sex Pistols.
E como ninguém vai rebater o argumento essencial, que é a importantíssima problemática das fotografias à frente de paredes, vou encerrar aqui este debate com a dignidade dos bons vencedores, citando o inigualável Joey Ramone:

You're a loudmouth baby
You better shut up
I'm gonna beat you up
'Cause you're a loudmouth babe

1 comentário:

FMS disse...

Ah, como eu me lembro desse dia, os Pistols em Finsbury Park, vinha eu de Birmingham, onde o Poborsky tinha tirado o chapéu ao Baía e mandado os portugueses de volta para a terrinha.

Mas esses, apesar de serem os Pistols, não eram os Pistols. Ou seja, os Pistols não duraram até aí, como o Rogério quer fazer crer. Os Pistols tinham acabado em 78 e isso foi apenas uma reunião póstuma e levemente comatosa (por muito punk que seja fazer uma reunião apenas pelo dinheiro e chamar-lhe Filthy Lucre).

Entenda-me, caro Rogério. Eu adoro os Ramones. Aliás, se bem me lembro, a festa de inauguração do 31 da Armada viu-me nos pratos com uma t-shirt dos rapazes envergada. Mas há um desmerecimento permanente dos Sex Pistols que é insensato. Para além de que, quanto a fotografias de costas para paredes, o Google Images fornece alguns exemplos que refutam a teoria.

De qualquer modo, a minha predilecção máxima vai para os Jam.

Abraço.