domingo, dezembro 23, 2007

Discos do ano (6)




Iron and Wine, «Pagan Angel and a Borrowed Car»

9 comentários:

quim seguro disse...

Apelou ao teu lado de chonhinhas "indie"?

R. Casanova disse...

O lado "indie" faz de mim 'choninhas' e não 'chonhinhas'.
Mas sim, o apelo foi esse.

quim seguro disse...

Já pensaste em fundar um blogue com o Mexia onde poderias dar uns bitaites sobre música?

R. Casanova disse...

Isto vai ter a ver para aí com um défice de legitimidade, ou coisa do género...
Epá, centenas de revolucionários da Comuna morreram para que eu pudesse encomendar o «Lipstick Traces» pela Amazon. Devo-lhes uns bitaites a solo, pelo menos.

quim seguro disse...

Compras a New Yorker na Tema.
OK. Percebido.

R. Casanova disse...

A New Yorker não se compra, lê-de graça, seu gordo.

quim seguro disse...

Não me chames gordo, José Pereira Coutinho pobrezinho dos pobrezinhos.

V. disse...

Interessante instrumentalização de alguns temas - e estou mesmo a falar do disco. A capa é bestial.

LB disse...

Também não conheco Iron and Wine.
Parece Surfjan Stevens com demasiado chá de camomila em cima.