sexta-feira, março 28, 2008

Internet Anagram Server 9,222 - Eu 0

Fiquei esta semana a saber - através do criminosamente sub-valorizado diário desportivo O Jogo - que um computador russo escreveu em 72 horas um romance intitulado O Amor Verdadeiro. Fiquei esta semana a saber - através da criminosamente sub-valorizada imperial da Cinemateca -que é possível fazer anagramas sem papel, sem lápis, e sem mim.
Numa raquítica fracção de segundos, o programa em questão devolveu mais de cinquenta mil anagramas de "Pastoral Portuguesa", o que não deixa de ser impressionante, mesmo que nenhum dos meus dicionários reconheça as palavras "rstulo" e "pslo".
Não estão convencidos? Isto é fácil de testar. Imaginemos que há por aí um novo blogue colectivo chamado Sinusite Crónica, formado por seis pessoas e alojado na plataforma Sapo. Imaginemos agora que introduzimos os respectivos caracteres no Internet Anagram Server, tendo o cuidado de retirar o diacrítico ao 'o', porque o Internet Anagram Server é um beauty snob que não reconhece caracteres cicatrizados. Depois de imaginarmos isto tudo, imaginemos também que estes prodígios de sensatez ortográfica são apenas alguns dos nove mil duzentos e vinte e dois anagramas para Sinusite Crónica devolvidos pelo Internet Anagram Server : Estica Unicsrnio, Insinuar Esticco, Ca Sonsice Intuir, Ascensco Tinir Ui, Crustaceo Nini Si. Imaginemos por fim que eu estive ali quase meia-hora a brincar com lápis e papel, e que o melhor que consegui foi "Incitar seis no cu".
Imaginemos a minha desilusão comigo próprio.

3 comentários:

Mª João Nogueira disse...

É o triunfo da qualidade, face à quantidade.

De todos os descritos, o meu favorito é, sem dúvida, "Incitar seis no cu", embora me seja mais fácil destacar no SAPO o Blog enquanto ele mantiver o título Sinusite Crónica.

(Continuo a votar, todos os dias, religiosamente, e eu nem sequer sou católica).

Helena disse...

de facto de o wordsmith não percebe muito de português...
Genial genial só o Casanova.
Com a devida vénia,

Anónimo disse...

Eu, que ainda não poupei pra génio, só te te peço...podes incitar seis seis no cu...mas

... uni nisto crica...se...


(O disctreo anónimo que não arrisca comentários)