quinta-feira, julho 17, 2008

Slightly improved

Espero que, durante a minha ausência, as pessoas tenham tido o bom senso de fazer imensos links para este post de 20 de Junho no b-site:

«I don't like Robben. He is just a slightly improved Folha.
Folha? Who's Folha?
A portuguese player, he was a left winger and almost never right.
«Folha» sounds weird.
It means «sheet».
Oh, I see your point: Robben is shit.
Yeah, just slightly improved.
»

6 comentários:

Lourenço Cordeiro disse...

Sempre traduzi mentalmente o «Folha» («o» Folha, não «folha» em geral) para «leaf» e não «sheet», pelo que ando a passar ao lado de muita coisa.

Sergio disse...

Curiosamente eu também, Lourenço. Inclusivamente cheguei a associar o nome do Folha a um tipo de remate que era frequentemente mencionado em livros da Disney (que querem?): o remate folha seca.

Explicado rapidamente o remate folha seca seria aquele em que a bola subia (subiria?, ainda não me decidi quanto a isto, sabes?) inicialmente até um ponto da sua trajectória em que faria um desvio abrupto para baixo em ângulo apertado. Hoje compreendo que é um remate com topspin, mas toda a minha infância o entendi como uma coisa que só acontece nos livros de BD. Agora que sei disto compreendo que nem com uma raquete o Folha conseguiria aplicar um Folha Seca, mas isso é outro assunto.

A quem "vi" marcar um golo com um remate Folha Seca foi ao Nestor, em jogo da Vila Xurupita contra os Macacos, jogo em que a equipa do Zé Carioca estava em grande desvantagem e a jogar em campo inclinado (Macaco: "na primeira parte vocês jogam no campo de baixo e na segunda nós jogamos no campo de cima"). O golo do Nestor apesar de espectacular foi anulado, pelo árbitro, que era dos Macacos, mas ainda assim Vila Xurupita conseguiu sagrar-se vencedora por 1-0, aproveitando um descuido legal no regulamento elaborado pelos Macacos.

Um abraço.

Lourenço Cordeiro disse...

O Nestor não era aquele gordo? De qualquer maneira, grande invocação da Vila Xurupita e desse grande modo de ser carioca que é ganhar devido a um «descuido legal».

Um abraço e boas férias (no meu caso).

Ente lectual disse...

o folha foi um dos meus heróis de infância e, mais do que isso, o cromo que me calhava todas as santas semanas em que compravamos 100 escudos de saquetas, caderneta panini, edição 96/97, tinha o cabelo lambido e ar de autarca minhoto (já me estou a repetir, repararam?)

Sergio disse...

O gordo era o Pedrão, merceeiro honesto e que estava naturalmente à baliza. O Nestor era um corvo (eles diziam urubu) preto e um tipo muito boa onda. Boas férias.

dorean paxorales disse...

No meu subbuteo de botão, jogava sempre com o Boavista para por a carica do Folha a dar cambalhotas.