terça-feira, setembro 01, 2009

文表示願為台灣這塊土地承受所有苦難。

Devido ao marketing agressivo da indústria hoteleira do sudoeste asiático, as pessoas e autómatos que quiserem comentar a qualidade dos numerosos posts semanais deste blogue vão ter, a partir de agora, de copiar letras para um formulário. Peço desculpas sinceras a todos pelo incómodo, mas acredito que a partir de um certo limite, qualquer informação adicional sobre brides from mainland China e thermostat-free chocolate se torna redundante.
Entretanto, o Pedro Mexia tem um blogue novo. Para as pessoas não julgarem que era um impostor, tratou de colocar, no espaço de cinco posts, uma referência a um filme do James Gray, um youtube dos Smiths, e um diálogo com um taxista. Pessoalmente, enquanto não aparecer lá uma foto da Eva Mendes e um recibo da Fnac, não vou dormir descansado. E agora, um anagrama: "Pedro+Mexia+A+Lei+Seca = Sai a morcela de peixe". Faltava só uma letra para conseguir "Ele deixa meias porcas". Perdemos aqui uma grande oportunidade.
O melhor post do Verão chama-se "Caderno de Palermo" e está aqui.

27 comentários:

Anónimo disse...

A verificação de palavras deu-me
"atenegr". Faz um anagrama com isto.

Abraço,
V.

rui disse...

Bom, eu não me queixo. A palavra agora é 'hitings'. Os computadores agora deixaram de gerar consoantes aleatoriamente e inventam 'palavras'. A seu modo é fascinante.

Anónimo disse...

E agora, um muito mais sugestivo "repowe". A linguística ajuda a tornar isto muito mais divertido.

O que acontece se os teus leitores carregarem no boneco em cadeira de rodas?

Abraço,
V.

Anónimo disse...

"hymstr"

O meu favorito continua a ser o "repowe", que parece o nome de uma balada de uma banda de heavy metal. O meu próximo blog vai-se chamar "repowe", está decidido.

Abraço,
V.

Anónimo disse...

"remps".

Fantástico.

Anónimo disse...

"couseva".

Como resistir?

inês disse...

A mim, esta coisa pediu que escrevesse «revistin». Com «revistin» consigo escrever o meu nome, mas ficam a sobrar quatro letras a que não sei o que fazer. Estou disposta a trocá-las, se houver por aí algum interessado.

Também gosto da cadeira de rodas que aparece à frente do formulário. Sempre me senti uma pessoa com necessidades especiais e estes psicotécnicos parecem confirmá-lo. A parte que diz «seleccionar uma identidade» não ajuda.

Tinhas de estragar tudo, não era?

"Rogério Casanova" disse...

Revistin é uma pomada, creio. Uma vez, a comentar um post sobre o Aston Villa no blog Estação Central, a verificação de palavras pediu-me que escrevesse ASTONV.
Beat that.

"Rogério Casanova" disse...

Aston Villa é um anagrama de "vil santola".

Anónimo disse...

Casanova, "cressu", ok?

Mais uma vez fica provado que há uma lógica do significante.

Anónimo disse...

"dolisco".

O dolisco, como toda a gente sabe, é uma ferramenta inventada na década de 60 que serve para espalmar notas de dólar.

Anónimo disse...

"Gerot".

Estas coisas não surgem por acaso. É que o nome do soturno detective nicaraguano veio com maiúsculas e tudo. Esta merda é formidável.

Bem, vou para ali abraçar As Benevolentes que isto não é vida para ninguém.

Um abraço,
V.

Anónimo disse...

"nologrit".

O meu coração já "nologritava" de saudades disto. Mais logo prometo voltar.

Inês,
Com mulheres eu apenas troco fluídos. Não é nada de pessoal.

Um abraço,
V.

Anónimo disse...

"trude".

Não consigo adormecer.

inês disse...

«nowsheda»

Bom dia.

(Acho que spam do sudoeste asiático era preferível.)

Ógnito Inc. disse...

你到底是什么意思?

Desculpem lá mas não resisti...

inês disse...

«lashloos»

Vim só ver se estão todos bem e se é preciso alguma coisa. Vou almoçar por volta das 13h30.

Anónimo disse...

Katinewa.
(Possibly a slavian gal.)


Jonas

Anónimo disse...

"rabylu"

Renato disse...

«Ingmar». Juro! Ganhei.

Vítor Neves Fernandes disse...

"batill"

Ora muito bom dia a todos menos à Inês. Vim só para me identificar e despedir, hoje que acordei muito triste por causa da morte do Michael Jackson e isto perdeu a piada.

Um abraço,
V.

P.S. Existe uma fábrica de tesouras chamada Batil perto da minha casa.

Bloga-mos disse...

A mim calhou-me "proves" caralhos me fodam se não foi verdade.

inês disse...

«gandsc»

E está tudo dito.

«Ora muito bom dia a todos menos à Inês» também me deixa muito triste.

Faço o primeiro lanche às 17h. Continuo ao dispor para trocar umas letras.

Anónimo disse...

who are you, people?

No vazio da onda disse...

E que tal lerem um livrinho?

ps. já agora, saiu-me um 'surlig'.

inês disse...

«inesia» (https://www.blogger.com/captcha?type=IMAGE&captchaKey=1m3ck304faz04)

Saiu-me a lotaria.

Agora vou ler um livrinho, mas só por o senhor do vazio da onda assim o sugere.

Tolan disse...

Eu já não leio os blogues do Pedro Mexia, prefiro esperar pelas fotocópias do livro (posso tirar fotocópias de borla aqui no escritório) :)