segunda-feira, outubro 12, 2009

Eu nasci heterossexual, não há qualquer problema

10 comentários:

Trinity disse...

assustei-me quando vi tanto impropério nos posts mais abaixo. venho só dizer que continuo a gostar muito de ti (comi todos os bolinhos de queijo) apesar de todos os insultos que bloggers e tal te prestam (e agora estou com peso na consciência) mas pensa que a família está toda contigo (era suposto ter partilhado contigo) e nunca te deixaremos cair em tentação. Amen (estavam óptimos)

marta morais disse...

Não há razão para alarme, os impropérios abaixo são todos de gente que também tem muito amor a este rapaz, mesmo sem ser da família nem ter sido comprada com bolinhos de queijo, o que valoriza mais a nossa afeição.
Confesso que não percebi foi a heteroafirmação...

jorge c. disse...

O Rei é o maior, Casanova. O maior. E o 68 come back special também é o maior. No fundo, são todos os maiores.

Tolan disse...

O Jonathan Rhys Meyers está melhor no papel.

Anónimo disse...

Quem são aquelas duas putas a falar dos impropérios mais o caralho mais velho, fodasse! O tolan e o jorge c também podem ir os dois comer na peida, não quero que lhes falte nada, puta que os pariu.

JED

P.S: Este é o melhor blogue português, mas os comentadorss são insuportáveis.

Trinity disse...

para o JED, não há bolinhos de queijo

bloom disse...

nascer podes ter nascido, mas quem te diz que isso não vai mudar, baby?

Omisso disse...

o cancro da blogosfera são os anónimos porcos a coberto do anonimato porco.

nome disse...

A BOA EDUCAÇÃO NÃO É CONTRÁRIA AO ANONIMATO. O PROBLEMA É OUTRO. OU SÃO OUTROS. ENFIM. É O CASO DE SENTIR VERGONHA POR ELES.

candida disse...

coitadinhos! o k faz não ter carácter nem vergonha na cara.